Abrir menu superior

Chove dentro de mim!

Está chovendo e, habitualmente,costumamos chamar o dia de carrancudo,dia feio,desmancha prazer e, por aí à fora.Somos mais de 7.000.000.000 de pessoas.Faz muito tempo que se prevê a falta de água potável.Quando chove forte,provoca inundações,quedas de barreiras,destruição de casas e, outros;seguramente,não são acontecimentos desejáveis.

Por outro lado,quando existe muito calor,ocorre um grande consumo de água,reservatórios,ameaçadoramente,baixos,falta d’agua nas torneiras, falta de energia elétrica e, outros.

Quando nos identificamos com a natureza,sentimos muitas emoções, com a chuva.Oa raios e trovões brilham e ecoam,nos provocando,as vezes, medo.É um show de sons e luzes.Segue-se, o delicioso cheiro de terra molhada;aspiramos com prazer e, profundidade!As gotas,tamborilam na janela;chega o frescor.As plantas iniciam uma deliciosa dança;os pássaros quase se prostituem,abrindo as asas e expondo todo o seu corpo, para um delicioso e, um reconfortante banho.As penas ficam limpas e brilhantes.

No verão,segue-se o espetáculo do sol com chuva;os raios solares pedem passagem,atravessando as gotas que, se jogam sobre nós;sol com chuva,casamento de viúva!Todo imponente, vem o arco iris que, pinta o céu pra gente!

Quem curte a chuva,se apaixona pela água!Eu só serei capaz de respeitá-la, se dela gostar e, se sentir sua importãncia para a vida da terra.Todos os seres vivos são aquadependentes.

Sendo gentis com a água,além de consumi-la com equilíbrio,a estaremos guardando para quem divide o mundo conosco.

A chuva não é carranca,mas sim, esperança!

Kariny S
Escrito por Kariny S