Abrir menu superior

Tamanduá bandeira guarda roupa

Na década de 80,recebemos,de uma moradora de Itapetininga-SP,um exemplar adulto de tamanduá bandeira que,a mesma mantinha como animal de estimação.Em consequência de se mudar para um apartamento,a proprietária entregou-o ao zoo de Sorocaba.Até aqui tudo bem.
Causou-nos espanto,quando o animal começou a eliminar peças de roupa íntima.Foram defecadas 15 peças,entre sutiãs e calcinhas,de todos os modelos.Presumimos que,como o animal transitava livremente pela casa,tinha a oportunidade de encontrar peças da indumentária íntima.Como eram roupas usadas,a presença de material orgânico,completaria as necessidades nutricionais do animal,desconhecidas pela prorietária.Quando começamos a encontrar as lingeries no recinto,não entendíamos a origem.Num belo dia,um tratador o viu defecando a roupa íntima.Chegamos a pensar que o tamanduá era de um sexshopp ou de um motel.A região de Sorocaba está dentro de uma grande área de cerrado.Este ecossistema,já bastante depauperado,ocupava 20% do território nacional.

Kariny S
Escrito por Kariny S