Abrir menu superior
O ANO DO LOBO-GUARÁ

O ANO DO LOBO-GUARÁ

A Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB) tem como um de seus objetivos promover o desenvolvimento dos zoológicos e aquários brasileiros membros como instituições de ensino, pesquisa científica, conservação, recreação e cultura.

Desde 2013 estamos desenvolvendo campanhas de educação ambiental e conscientização em âmbito local e global, em parceria com projetos de conservação em campo. A ideia é estabelecer um link entre os esforços de campo e cativeiro, e desta forma trabalhar a conservação de forma integrada.

Os zoológicos e aquários brasileiros, com seus 20 milhões de visitantes anuais, podem ser vistos como uma grande e eclética sala de aula que atinge um público de todas as idades e de diferentes níveis culturais e econômicos. Desta forma, zoos podem ajudar a espalhar a mensagem de conservação e potencializar os esforços dos pesquisadores em campo e aumentar a conscientização e envolvimento da população com as espécies ameaçadas.

Em 2015, será desenvolvida a campanha “O Ano do Lobo-Guará”, uma parceria da SZB com o “Programa para a Conservação do Lobo-Guará – Lobos da Canastra”, através de seu coordenador, Rogério Cunha, do Centro Nacional de Predadores/CENAP – ICMBio.

O “Programa para a Conservação do Lobo-Guará – Lobos da Canastra” acumula 10 anos de pesquisas e ações práticas direcionadas à conservação do lobo-guará na região da Serra da Canastra, Minas Gerais.  As ações em andamento buscam reduzir a pressão sobre a espécie em uma área que está sob conflito permanente, através de propostas diretas de mitigação de impactos, do aumento e disseminação de conhecimento sobre a espécie e pela alteração da relação da população local com o lobo.

O componente educativo do Programa é o projeto “Sou Amigo do Lobo”, que busca informar e envolver de toda a sociedade, não só os moradores da Serra da Canastra, na conservação da espécie. Este projeto serviu como modelo, e hoje as estratégias de promoção da participação comunitária já são adotadas também em outros locais de conflitos com a fauna. A partir dos resultados positivos do programa permite-se comprovar para uma população que a convivência pacífica com a fauna é possível.

A campanha O Ano do Lobo-Guará permite que a SZB ajude a envolver, através dos zoos e aquários, não apenas a população local, mas todo o país na conservação dos lobos-guarás.

O lançamento da campanha foi em março de 2015, durante o Congresso da SZB, em Foz do Iguaçu, com a participação do Coordenador do “Programa de Conservação do Lobo-Guará – Lobos da Canastra”, Rogério Cunha de Paula e com a equipe do projeto. O pesquisador ainda participará, junto com o co-autor, o fotógrafo Adriano

Gambarini, de uma noite de autógrafos do livro “Histórias de um Lobo”.

A campanha tem material que os zoos e aquários podem baixar  no site (cartilhas, adesivos, carteirinha, cartazes), que também terá informações sobre o projeto quanto atividades lúdicas e didáticas que possam ser utilizadas tanto em sala de aula quanto por equipes de educação ambiental dos zoos.

Se a sua instituição possui material didático sobre o lobo-guará, seria incrível podermos incluir este material no site e trabalharmos em parceria.

Queremos que esta seja uma campanha internacional de conscientização sobre a necessidade de conservação do lobo-guará, e pedimos sua colaboração para nos ajudar a divulgar esta ideia.

Vejam o site da campanha:

www.amigodolobo.org

PROGRAMA PARA A CONSERVAÇÃO DO LOBO-GUARÁ – LOBOS DA CANASTRA

O Programa para a Conservação do Lobo-Guará – Lobos da Canastra,  teve início em 2004, inicialmente trabalhando com o lobo-guará na região da Serra da Canastra, Minas Gerais, e depois se expandindo em um programa transdisciplinar e abrangente. O Programa é conduzido pela associação de uma ONG, o Instituto Pró-Carnívoros com um centro de pesquisa vinculado ao governo federal, o CENAP/ICMBio.

O programa tem três pilares de ação: Pesquisa, Educação-Comunicação e Conservação direta do lobo-guará. Novos achados científicos na ecologia, saúde, genética e reprodução da espécie foram obtidos ao longo desses anos. Além da pesquisa, atividades junto à comunidade foram realizadas com o envolvimento de mais de 3.500 pessoas, disseminando informações por meio de atividades educacionais locais e de campanhas de comunicação.

Os dados científicos coletados têm o propósito de melhorar a situação da espécie. Informações obtidas a partir das pesquisas possibilitam atuações diretas na conservação dos lobos.

Atualmente, o projeto pesquisa a influência da presença humana na conservação da espécie, pois os lobos sobrevivem em paisagens dominadas pela agricultura e pecuária, com a possibilidade de contato com animais doméstico.

Como resultado deste Programa,  já houve uma transformação na relação entre a comunidade local e a fauna. Os moradores da Canastra hoje conhecem e apreciam não apenas o lobo-guará, mas também outros animais que habitam a região. Com as ações do programa, a caça aos lobos foi praticamente erradicada na região.

O objetivo final do Programa é conseguir, além da conscientização pública crescente, uma nova política de uso dos recursos naturais do Cerrado e consequentemente melhores condições de existência para o lobo-guará.

CONTATOS:

Programa para a Conservação do Lobo-Guará

Rogério Cunha de Paula rogercunha@gmail.com

Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil

Yara de Melo Barros

yarambarros@yahoo.com.br

Administrador Blog SZB
Escrito por Administrador Blog SZB